(51) 3031-3515

Central de Atendimento

PERGUNTAS FREQUENTES

aço inox está presente no dia a dia de todos. É uma liga de ferro, cromo, podendo conter também níquel, molibdênio e outros elementos que apresentam propriedades físico-químicas superiores aos aços comuns. A sua principal característica é a alta resistência à oxidação atmosférica.
As principais famílias de aço inox (inoxidáveis), classificados segundo a sua microestrutura, são: ferríticos, austeníticos, martensíticos, endurecíveis por precipitação e duplex.

As ligas do aço inox, em particular o cromo, conferem uma excelente resistência à corrosão quando comparadas com os aços carbono. Elas são, na realidade, aços oxidáveis, isto é, o cromo presente nas ligas oxida-se em contato com o oxigênio do ar formando uma película externa. Para esta película, muito fina e estável, de óxido de crômio, dá-se o nome de camada passiva. Sua função é proteger a superfície do aço contra processos corrosivos. Para isto, é necessária uma quantidade mínima de cromo.
Esta película é aderente e impermeável, isolando o metal abaixo dela do meio agressivo. Assim, deve-se ter cuidado para não reduzir localmente o teor de cromo do aço inox durante o processamento. Este processo é conhecido em metalurgia como passivação. Por ser muito fina, a película tem pouca interação com a luz e permite que o material continue a apresentar o seu brilho característico.

aço inox trefilado permite inúmeras aplicações. Pode ser usado em materiais nas linhas de bijuterias, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e telecomunicações. Além de áreas como lazer, pesca, náutica e ferroviária. Sua utilização abrange ainda fins estruturais, correias transportadoras, utensílios domésticos, ferragens, adornos de automóveis, equipamentos de transportes, calotas de carro, ferragens para postes fixadores (grampos e fechos), conjuntos estruturais que exigem alta resistência, aeronaves, caminhões e carrocerias.
Ele também é usado na parte estrutural de ônibus, trens (quase sempre na forma de tubos retangulares e quadrados), limpadores de para-brisas, calçados de segurança, molas, pias, cubas, frisos, caldeiraria, estampagem em geral e profunda, etc.
Curiosidade: os vagões dos metrôs de várias cidades do mundo são fabricados com este material.

Entre as inúmeras vantagens, destacam-se:
• Alta resistência à corrosão;
• Resistência mecânica adequada;
• Facilidade de limpeza (aparentando total higienização);
• Conformação com facilidade;
• Resistência a altas e baixas temperaturas e variações bruscas;
• Acabamentos superficiais e formatos variados;
• Forte apelo visual (modernidade, leveza e prestígio);
• Ótima relação custo x benefício;
• Baixo custo de manutenção.

A limpeza de materiais em aço inox deve ser feita com sabão e detergentes (suaves ou neutros) e soluções de amônia (removedores caseiros), em água morna, aplicados por um pano macio ou esponja de nylon fina. O enxágue deve ser realizado com água abundante e a secagem com um pano devidamente macio.

O uso da letra L após o tipo de aço inox (ex: 304L), significa que o conteúdo de carbono na liga está restrito ao MÁXIMO de 0,03% (os níveis normais de carbono são de 0.08% max. e em algumas ligas pode atingir 0.15% max.). Este nível menor de carbono é utilizado quando o material deverá ser soldado. O menor teor de carbono ajuda a prevenir a precipitação de cromo (formando carbonetos de cromo na região da solda) e, portanto assegurando um mínimo de 10,5% de cromo e a possibilidade de formação do filme passivo que proporciona ao aço inox a resistência à corrosão.

Os aços inoxidáveis utilizados para operações de corte, onde é importante ter uma dureza superficial superior, são submetidos a operações de tratamento térmico. É o que ocorre com os aços inoxidáveis martensíticos utilizados para a fabricação de facas, tesouras, canivetes, etc.

Há vários tipos de aços inoxidáveis. Os aços inoxidáveis da série 300 (austeníticos) que contém Cromo e Níquel na sua composição química Não são magnéticos, porem pode tornar-se com qualquer trabalho mecânico.
Ex: usinagem, dobra, laminação e trefilação, isto em função do balanceamento químico no processo de fusão do aço.
Os aços inoxidáveis da série 400 (ferríticos) e martensiticos , que contém apenas cromo em sua composição química, sim são magnéticos.

O acabamento escovado do aço inox é obtido pelo lixamento da superfície do aço com lixas ou rebolos de diferentes granulometrias.